Aposentadoria Contribuinte Previdencia Social Zona Sul SP São Paulo - CONTABILIDADE

Serviços de contabilidade
Serviços de contabilidade
Ir para o conteúdo
APOSENTADORIA

No setor privado, os trabalhadores que contribuem para a Previdência  Social, após atingir determinada idade ou tempo de contribuição,  conquistam o direito de receber uma aposentadoria paga pelo INSS  (Instituto Nacional do Seguro Social). No entanto, em muitos casos, o  aposentado recebe um valor inferior ao seu salário original. Isto se  deve a alguns fatores, tais como solicitar a aposentadoria antes do  tempo de contribuição mínima ou quando o salário é superior ao teto da  previdência.
Conheça nossos demais serviços
imposto renda
Conte conosco!

Para obter o benefício, o contribuinte deve se dirigir a  uma agência do INSS e apresentar alguns documentos, que variam de  acordo com a modalidade da aposentadoria.
Tipos de aposentadoria

Os fatores idade, tempo de contribuição e o valor da renda mensal ao longo dos anos determinarão que tipo de aposentadoria o contribuinte terá direito. Existem duas formas de calcular a aposentadoria pelas quais o contribuinte poderá optar:

1) Aposentadoria por idade
Para se aposentar por idade, as mulheres precisam ter atingido pelo menos 60 anos de idade e os homens, 65.
Nesta modalidade, o valor da aposentadoria é determinado através de um percentual do salário de benefício. Este percentual corresponde a 70% do salário de benefício acrescido de 1% para cada ano de contribuição, chegando até o limite de 100%.
Desta maneira, um homem que tenha chegado aos 65 anos de idade só terá direito a 100% do salário de benefício caso tenha cumprido pelo menos 30 anos de serviço. Se este mesmo homem tivesse cumprido apenas 25 anos, teria direito a apenas 95% do salário (70% + 25%).

2) Aposentadoria por tempo de contribuição
Para se aposentar por tempo de contribuição, é necessário um tempo mínimo de contribuição de 30 anos para as mulheres, e de 35 anos para os homens. Este tipo de aposentadoria possui um redutor chamado fator previdenciário, que tem o papel de penalizar os contribuintes que optam por se aposentar ainda muito jovens, pois leva em conta a expectativa de vida do brasileiro, segundo o IBGE. Desta forma, quando a expectativa de vida sobe, o fator previdenciário reduz proporcionalmente, forçando o contribuinte a se aposentar cada vez mais tarde para evitar uma redução da sua aposentadoria.
O fator previdenciário que incide sobre o valor da aposentadoria pode ser calculado de acordo a uma fórmula disponibilizada no site da previdência social. Esta fórmula leva em consideração as variáveis idade, tempo de contribuição e valor da renda mensal ao longo dos anos.
Voltar para o conteúdo